Fundação da Juventude

28º PE MAAT - Programa de Estágios do MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia

De 27/08/2020 a 09/11/2020

28º PE MAAT - Programa de Estágios do MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia

Iniciamos mais uma edição do Programa de Estágios MAAT (PE MAAT), uma iniciativa conjunta entre a Fundação da Juventude e o Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia. Na sua 28ª edição está de regresso  este Programa de Estágios dirigido aos jovens alunos do Ensino Superior com o objetivo principal de lhes proporcionar uma experiência de aprendizagem e aprofundamento dos seus conhecimentos através do contato com um público não especialista em contexto real de funcionamento do MAAT.

 

Vantagens do Programa de Estágios MAAT

  • Desenvolvimento de experiência profissional num museu de referência a nível internacional;
  • Aprofundamento de conhecimentos em contexto real de funcionamento do MAAT;
  • Desenvolvimento de competências pessoais de liderança;
  • Treino em gestão equipa e desenvolvimento de espírito de iniciativa, compromisso e disciplina;
  • Atribuição de uma bolsa de participação assim como subsídios de transporte e alimentação a cada estágio.

 

As candidaturas encerraram a 20 de Setembro, está a decorrer o processo de seleção.

  • Vídeo testemunho PE MAAT
  • Para Quem

    Jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 25 anos que na altura da candidatura ao programa base, sejam estudantes do Ensino Superior Universitário, Licenciatura, Mestrado, Pós-graduação – a frequentar, preferencialmente, cursos com componentes em CIÊNCIAS (Ambiente, Eletricidade, Eletrónica, Energia, Física e Química) ou ARTES (Arquitetura, Arte Multimédia, Artes Plásticas, Ciências da Arte e do Património, Comunicação Cultural, Estudos Artísticos, História da Arte, Museologia, Produção e Gestão Cultural). Todos os candidatos devem dominar a língua portuguesa e ter como segunda língua o inglês e devem residir, preferencialmente, na Área Metropolitana de Lisboa.

  • Estrutura do Programa

    Os candidatos pré-selecionados terão uma formação inicial de 3 semanas, a tempo parcial, ministrada pelo MAAT, finda a qual serão selecionados os jovens que irão frequentar o estágio – com duração de 6 meses - e com início a 9 de novembro de 2020.

    Os estágios terão uma carga horária semanal entre as 15 horas (Ciências) e as 19 horas (Artes), de Segunda-Feira a Domingo (exceto Terça-Feira), distribuída por três a quatro dias, entre as 11h e as 15h, entre as 15h e as 19h, uma das quais obrigatoriamente ao fim-de-semana. À Sexta-Feira e Sábado poderá haver um turno adicional das 19h às 22h.

    Os estagiários que obtiverem melhor classificação poderão candidatar-se a um segundo estágio.

  • Condições de Participação

    Os estudantes que participam neste Programa de Estágios recebem uma bolsa mensal de estágio no valor aproximado de 300 Euros e 380 Euros, consoante a área e o horário atribuído, excluindo no período de formação inicial.

    Durante o estágio são também reembolsados das despesas de transporte (passe social mensal) até ao máximo de 35 Euros por mês.

    Os estagiários são ainda abrangidos por um Seguro de Acidentes.

  • Testemunhos

    Para a Joana Armés, estagiária e estudante de Engenharia de Petróleos no IST, «Ser guia no MAAT é muito mais do que uma marca no currículo e que muitas vezes nem sequer faz parte da nossa área de estudos. Ser guia no MAAT é aprender e depois ensinar aquela que foi a história da eletricidade em Portugal, é levar um sorriso para casa daquela criança que disse que iria guardar o que aprendeu na gaveta do saber, é encontrar alguém com histórias de quem lá trabalhou, é tentar passar um pouco do carinho que temos a uma casa que também vai ficando um pouco nossa, a Central Tejo. Depois é estar sob a alçada de pessoas fantásticas que estão sempre lá para nos dar suporte no que for preciso e ajudar a crescer durante o estágio. Como guia de ciências isso não implica que fiquemos confinados à parte da eletricidade, aliás ajuda-nos a ter uma vista panorâmica de mais áreas como a arte e isso torna-nos mais críticos e rigorosos. Do início ao fim do estágio posso dizer que desenvolvi as minhas capacidades de organização, teamwork e comunicação e que isto me vai ajudar imenso quando entrar no mercado de trabalho. Só tenho a deixar o meu gigante obrigada a todos por tudo».

     

    Para a Ana Catarina Marques, estagiária e aluna do curso Engenharia da Energia e do Ambiente (FCUL) «O estágio no MAAT é uma experiência bastante enriquecedora! É uma excelente oportunidade de preparação para o mercado de trabalho, enquanto estudante universitária. Além disso, o programa é ótimo para aprender a gerir melhor o tempo, aprofundar conhecimentos referentes à eletricidade, potenciar o espírito de equipa, melhorar a comunicação e saber adequá-la à faixa etária do público».

     

    Para a Beatriz Palma, estagiária «O estágio proporcionado têm-se revelado uma experiência bastante gratificante a nível profissional e pessoal, porque lidamos profissionalmente com todo o tipo de grupos (idosos, adultos e crianças), algumas mais conhecedoras do mundo das artes, outras menos. Após estes 3 meses de trabalho eu, Beatriz Coelho Palma tenho tido a possibilidade de integrar alguns conhecimentos obtidos nas minhas aulas da Pós -Graduação - Mercado de Arte e Colecionismo nas diversas experiências do estágio e vice-versa. Com esta oportunidade e por nos incluírem em vários campos do funcionamento do museu, apercebi-me da área onde desejo vir a trabalhar no futuro. A criação de contacto com os curadores e com os artistas das exposições e  as visitas guiadas  tem contribuído significativamente para a nossa postura profissional, e acredito que o nosso entusiasmo, motivação e trabalho têm vindo a apoiar o bom funcionamento do museu».

     

    Para a Clarisse Feio, estagiária e aluna de Engenharia Eletrotécnica na FCT-UNL «Gostei imenso do estágio! É uma excelente oportunidade para qualquer estudante de engenharias, especialmente engenharias ligadas à produção de energia. Os horários são adaptáveis às necessidades de cada um e permitem conciliar com a faculdade sem prejudicar os estudos. Aprendi bastante sobre a Central Tejo, foi mesmo muito interessante pois estava a fazer uma cadeira sobre geradores e é sempre interessante vê-los ao vivo, à escala real. Outra coisa excelente do estágio foi o desenvolvimento das chamadas soft skills tais como a comunicação oral, liderança, trabalho de equipa e em geral mais paciência tanto para explicar como para ouvir. Sinto que melhorei muito com o estágio. Sempre fui uma pessoa um bocado introvertida mas agora sinto-me muito mais à vontade a falar para públicos e consigo cativá-los muito melhor. A dinâmica de grupo é excelente por causa de todas as amizades que se fazem, ajuda bastante a superar momentos difíceis. Tornei-me também muito mais organizada, tanto por causa das "correrias" no museu como por ter de conciliar estudos com estágio. Os meus métodos de estudo também se tornaram muito mais eficientes, e tive muito mais facilidade em colaborar nos trabalhos de grupo».

     

    Para a Marta Antunes, estagiária «Programa incrível que me permitiu complementar os meus conhecimentos em curadoria e educação. Estar rodeada de arte todos os dias e de pessoas conhecedoras só fomentou mais a minha curiosidade e ajudou-me na formulação dos meus trabalhos académicos. Uma maravilhosa oportunidade».

     

    Para o Tiago Costa, estagiário, frequenta o Mestrado em Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa «Considero que a minha experiência de estágio tem sido bastante positiva, surgindo como uma oportunidade para desenvolver capacidades de comunicação com o público, de trabalho em equipa, de coordenação e de sentido de responsabilidade. Tem-me ainda permitido aprofundar conhecimentos ao nível  da arte contemporânea, da educação artística e do próprio funcionamento do museu enquanto organização. Estagiar no MAAT é uma experiência marcante que terá, certamente, consequências muito positivas no meu futuro profissional».

     

    Para a Vera Freire, estagiária e estudante de Biologia e Geologia «O programa de estágio está a ser muito enriquecedor por nos permitir conhecer e aprender mais sobre toda a história do Museu da Eletricidade, bem como do Museu MAAT, visto muitos de nós não estarmos familiarizados faz-nos ter de estudar e pesquisar para aprender e saber mais, pois os visitantes terão dúvidas às quais temos de saber dar a resposta e fazê-los levar da experiência de visitar um Museu um acontecimento agradável que se pretende repetir. Este estágio permite-nos ter uma proximidade com as pessoas e as escolas, o que se torna constantemente um desfio e é sem dúvida uma mais-valia para o nosso enriquecimento pessoal e profissional, por estarmos a ter uma experiência de trabalho rodeados de ciência e cultura».

  • Candidaturas

    As candidaturas encerraram a 20 de Setembro, está a decorrer o processo de seleção.

  • Calendarização
    • Lançamento do Programa: agosto de 2020
    • Data limite de Inscrição: 20 de setembro 2020
    • Seleção dos candidatos: 22 de setembro – 13 de outubro 2020
    • Início da formação: 15 de outubro 2020
    • Início dos estágios: 9 de novembro de 2020
  • Entidade Promotora

  • Entidade Formadora

  • Contactos

    Fundação da Juventude

    Rua Conde Redondo, nº 46-A, R/C
    1150-107 Lisboa
    Tel.: + 351  210 995 560
    Email: lisboa@fjuventude.pt

Sede

  • Palácio das Artes - Fábrica de Talentos
    Largo de S. Domingos, 19
    4050-545 Porto
  • Tel: + 351 22 339 35 30
    Fax: + 351 22 339 35 44

Newsletter